aqui pelo campo

Gostava de ser mosca

Deixe um comentário

Imagem

Este fim de semana passado estando eu a tomar o pequeno almoço nas leituras habituais, dei comigo a pensar que entre mordidas de torrada e café com leite, há certas coisas que faço há anos  sem alterar, desde as mais básicas, a outras que quero á viva força mudar e não consigo. Voltei ao meu livro e de novo dei comigo a pensar que, se eventualmente certas coisas eu tinha na minha vida com um dado adquirido, e sabendo da lei do retorno, alguma coisa eu emanava que fazia que com essas situações repetidamente viessem com um boomerang acertando-me na nuca cada vez com mais força. Imaginei o que podederia ser  sem sucesso, ai tive uma ideia. Lancei um repto nessa mesma manhã e vinte e tantos amigos, alguns mesmo amigos de anos, outros recentes e outros apenas conhecidos com quem tenho empatia em especial e resolvi pedir-lhe os olhos emprestados. Pedi a cada um deles que me apontasse, as características que eu lhes transmitia, e salientei boas ou menos boas. Como que ser mosca na mente das outras pessoas. Não tanto pelo que escrevo, ou pelo que conto, ou pelo que fotográfo que me mostra como personalidade mas aquela impressão que todos temos de alguém, e que atravessa tudo aquilo que da pessoa vamos conhecendo e se mantém. Dou um exemplo: Um amigo que conheci mais ao menos recentemente,quando lhe vi o olhar inspirou-me sagacidade de imediato…e conhecendo-o melhor, não me enganei.

O feed back foi imediato, as opiniões escritas ou faladas todas eu guardei. Pontos comuns muitos, MAS algumas extremamente perspicazes, e outras que me atiraram por assim dizer do cavalo. Alguns de amigos citadinos outras de amigos camponeses, dei-me conta de que é muito bom fazer este exercicio pelo menos uma vez na vida e tomar parte do nosso (eu) visto do lado de fora. Foi uma experiência incrível, algo avassaladora, tambem levei uma rabecada a dizer “deixa-te disso e sé feliz…” foi demais!! Uma no entanto por simples que foi tocou-me de sobremaneira, ou por todo o percurso que tenho vindo a traçar, ou pelas lutas que apenas sinto e nem sempre páro para ver, ou pelas palavras que se repetem que contam as minhas emoções e o meu dia a dia sem na verdade o contar abertamente, ou pelo que passa  na boca do ouvido, houve alguém que me disse:

“acho que exiges demais de ti mesma”

seguidas de outras como:

Apesar do “feitio lixadinho” que por vezes te caracteriza ( a razão está quase sempre do teu lado!!:-))…

…ès uma mulher lindissima ,devias fazer mais  cuidado  contigo :: mereces vale apena ok ?

…Tens de ser mais realista em relação ao teu sustento, ..não é fácil.

…dás muitos erros (coisa q me incomoda um pouco), não tens medo de partilhar os teus fracassos (e olha q isso custa muito a mt gente, incluindo eu)

Importa assim tanto o que os OUTROS pensam de TI? ISSO IMPORTA ASSIM TANTO????…GANHA JUIZO e SÊ FELIZ

Engraçado.. eu estive para escrever… Frágil….mas hesitei porque já me pareceu isso nalguma altura mas como não foi muito óbvio …

…Com carências Justificadas a caminhar de uma forma por vezes serena outras mais insegura

Penso que sofreste demasiado em silêncio, e agora com esta nova liberdade desabrochaste para tudo!…

…penso que por vezes abusas com a exigência de ti própria

Mais “calada” em períodos de balanço, sofrida, alentas (e bem) contigo o empenho de insistir em considerares-te valiosa, procurando garantir o teu amor a ti própria.

A “nova” Graça está em construção! Pelo que vejo, toda a gente a aplaude, o que significa que está no bom caminho!

Quando penso em ti faço um paralelismo com a demanda do Santo Graal, sempre em busca… neste momento, de mais estabilidade emotiva e financeira, de auto conhecimento, conhecimento específico da tua área e agora interpessoal, introspeção…

Tu és “o que quiseres ser”, esse é o puto do segredo que ninguém liga nenhuma! Tu és aquilo que fizeres + aquilo que queres fazer! Ser e fazer são exactamente a mesma coisa, ao contrario de ser e pensar em ser, bem diferentes e eu até diria que prejudicial..

Apesar de a do meu filho mais velho ser analitica e focada algo que sempre adorei nele, houve uma que me tocou de especial na integra e que eu não partilho aqui porque tem mais informação pessoal do que aquela que gosto de partilhar,mas agradeço á Célia Barros.

Gostaria de partilhar aqui os textos na integra, alguns são redações, ou concisos e objectivadissimos, cheios de elogios e carinhos. Adorei todos pelo tanto que me disseram e que em algumas coisas eu já sabia, ou porque senti e li que tinha de alguma forma contribuído para uma melhoria na vida de alguns amigos através das minhas próprias experiências, ou porque me apontaram questões que nunca tinha visto de tal forma, ou porque me disseram coisas que sei e teimo não saber.

Decidi portanto tirar férias de mim mesma, para organizar toda a informação que ao longo destes muitos meses recolhi, que me mudou imensamente para melhor, e digo para melhor pela forma como encaro o meu dia a dia, e toda aquela que me caiu em catadupa desde o inicio deste ano e como tal, vou aligeirar um pouquinho os meus próximos meses até as férias no que respeita a leituras e destrinçar e arrumar em prateleiras tudo aquilo que já adquiri como mais valia. Entretanto vou-me dedicar a arrumar prateleiras, gavetas, colher flores, passar a ferro, ir á praia, caminhar, desfrutar a cabeça vazia e trabalhar muito naquilo que amo. Entrar no meu timming de conforto porque na maioria das vezes não o consigo. Curiosamente mal tomei esta decisão hoje á hora do almoço senti  o sabor a férias quando temos a viagem marcada!!! tal e qual.

For far too long, those who are naturally quiet, serious or sensitive have been overlooked. The loudest have taken over- even if they have nothing to say. 

It´s time for everyone to listen. I´t´s time to harness the power of introverts

It´s time for quiet.

Susan Cain

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s