aqui pelo campo

Ouvir a nossa voz a gritar

Deixe um comentário

…estou daqui a ver uma banca cheia de louça de um jantar de torradinhas, mas como estou de unhas pintadas dei-me ao luxo de fazer algo que abomino ver numa casa quando entro na cozinha. Ter a banca com louça suja. Ou a louça, ou as minhas unhas…tão raramente engalanadas de vermelho…como tal tenho estado a ler o blog da Justine Musk que é uma referencia para mim e na sequência do que ela diz, acho que para muita gente, saber descobrir a sua VOZ. Aquilo em que acreditamos, aquilo sobre o qual nos deleitamos, aquilo que nos faz seguir caminhos, fazer frente, dizer que não, é algo que demorei muito tempo a consolidar, e se vos disser que só depois de muito escrever é que posso estabelecer meia dúzia de princípios dos quais já podia sair um manifesto…o meu. Hoje fiz uso de um deles e deitei por terra uma coisa que me aconteceu durante anos, que foi (comer e calar). Sou pisciana com ascendente (forte) balança e muito no “ar” mas também muito a fazer de conta que está tudo bem quando na verdade não está. Quando resolvo fazer de conta aos meus sentires. De tudo isto e muito mais se faz a nossa voz, mas para melhor se elucidarem nada como seguir a Justine, uma mulher escritora incrível.

Justine Musk

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s