aqui pelo campo

"Acabar com um casamento, ou largar um emprego, é um dia de praia para um anjo" Caroline Myss

Deixe um comentário

Foto-0156

Viver a “MODINHO” (termo usado na aldeia que significa-lentamente) é algo que tenho vindo a aprender lentamente com o doce passar dos tempos. Parece que tenho necessidade de ver a vida viver-se no acto, esqueço-me que o tempo embalado nas noites de estrelas que cobrem esta quinta é meu aliado. Como me disseram ontem, a vontade é tanta que parece que nem queremos dormir porque fazê-lo parece um desperdício e poder ver os nevoeiros que se deitam no sopé na serra é algo que passa com o acordar do silencio campestre e do debulhar da agua no tanque lá de cima que de noite me embalou e das doces borboletas que quase pousam á minha volta. Comprometer-me em saber apreciar cada bocadinho é tão fantástico que tenho dado comigo a aceitar situações que em tempos seria incapaz de prever um dia saber tolerar a espera. A mudança tem os seus encantos, enrolados de carinhos que temos de ter por nós próprios.

Dou conta do poder da cabeça, da força de um acordar decidido e de como esquecemos aquilo que nos inspira e que são meras palavras

DSC00326

As ferias deslizam já mais organizadas, entre os meus escritos, o livro que aos poucos vou compilando e que estou em crer, vai levar tempo, embora já com conteúdo, e comecei a anotar tudo o que leio e me é inspirador. Já não sublinho, transcrevo e acho que vai ser um tesouro guardado este pequeno caderno enfeitado de borboletas que quando ando pela quinta á minha volta dançam e pousam. Há uma historia na aldeia que se liga a esta quinta de antepassados que voltam em forma de borboletas pelo carinho que outrora nutriam pelas suas cores e esvoaçares e tanto eu como a minha amiga vivemos envoltas nelas por vezes nos momentos mais curiosos, Quando estou na horta tenho sempre uma como companhia ou quando caminho entre o atelier e as diversas escapadelas que dou aos diversos cantos floridos desta quinta vou sempre com uma á minha frente á laia de desafio a ver quem chega primeiro. Hoje escrevia deitada no meu Hamack e veio uma quase deitar-se comigo e consegui fotografá-la.
Há uma parte da vida que não é explicável e nem tem de ser

“Qualquer pensamento que se tenha em mente num estado de silencio é na verdade uma ordem”

DSC00343DSC00338
O SIGNIFICADO DA BORBOLETA – A IMAGEM DA ALMA

Coloridas e diurnas, as borboletas prenunciam acontecimentos alegres, ao contrário de suas irmãs mariposas, quase sempre negras e nocturnas, que noticiam a infelicidade. No imaginário humano, porém, ambas estão relacionadas à alma.Na cultura greco-romana, assim como na egípcia, acreditava-se que a alma deixava o corpo em forma de borboleta. A palavra psique, em grego, quer dizer ao mesmo tempo espírito e borboleta. Nos frescos de Pompéia, a psique é representada por uma criança com asas de borboleta.


Para a civilização azteca, ela era o sopro vital que saía pela boca do morto, além de estar associada a uma divindade (Itzpapalotl, cruzamento de uma mulher com uma borboleta). Esse simbolismo está relacionado à sua metamorfose, que, metafóricamente, expressa a saída do túmulo (casulo) para o renascimento. Essa associação de seu ciclo vital – a passagem do mundo dos mortos para o dos vivos-, também é utilizada na cultura oriental. No Japão, borboletas são espíritos viajantes; o seu surgimento anuncia uma visita ou a morte de um parente. Por outro lado, duas borboletas juntas querem dizer felicidade conjugal. No Vietname, sua presença exprime longa vida, mas, nesse caso, é devido a uma coincidência fonética: duas palavras com pronúncia semelhante significam “borboleta” e “longevidade”.

Aqui

DSC00265

DSC00269

DSC00293

DSC00291


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s