aqui pelo campo

Estou nos braços da paz

Deixe um comentário

My placeWatercolour sunday

Watercolour sunday

Watercolour sunday

Watercolour sunday

Sento-me finalmente no final do meu dia com muito para contar. Ontem já me apetecia escrever, tinha saudades dos meus desabafos mas as alergias tem-me assolado como nunca e, já não fui capaz. Hoje acordei para um dia  magnifico que não posso deixar de contar. Dizia eu a um amigo que desde que vim viver para o campo a minha vida social triplicou curiosamente, sozinha ou acompanhada o campo trás-nos mil e uma coisas interessantes para fazer e, aliando aguarela a tudo isto o meu dia tornou-se mesmo especial. Acordei eram sete já de olhos bem depertos e vontade de invadir a casa com cheiro a café feito em chaleira. Sentei-me a ler no silencio de uma casa que se esconde no fundo de um jardim e tirei o lugar ao Tiro no sofá que reclamei para mim, li pela manhã dentro até para ai as 9,30. Eram 10h quando fiz um ultimato aos meus filhos, que nestes dias se arrastam pela casa já em fim de ano escolar e saí porta fora directa ao Castelo- Castelo de Neiva- onde tomei um galão no bulício de uma terra de pescadores em manhã de Domingo onde todos saem cedo para o dia especial da semana, mais aperaltados e com as famílias. É giro! Daqui segui para a lota da terra onde os barcos se arrumam, entre cheiros que se entranham mas com o frescor do mar e o cantar das gaivotas que quando olho, envolvem o António  lá em baixo na praia teimando em tentar descobrir se são gaivotas ou albatrozes e o cenário é inspirador. Ia decidida a fazer uma aguarela “Cliché” de barcos de pesca mas por puro prazer de a saber fazer. Percebi uma coisa curiosa. Havia coisas que fazia na minha vida de casada que sempre achei que as fazia porque era arrastada pelo facto de ir acompanhada do meu marido, mas agora que estou sozinha desfruto imenso, em total liberdade e por vontade própria coisas que achei que nunca faria sozinha. Nunca nos ficamos a conhecer bem quando entregamos a nossa adolescência ás brisas do destino, e deixamos de conhecer a nossa individualidade. Fiquei contente por ver que vagueio horas de carro silenciosa com um sorriso na cara no meio de paisagens que busco para pintar. Da praia segui para o rio, e fui-me sentar em Santa Tecla na fresquinha apenas com pena de não ter levado farnel. Ali fiquei mais uma hora a pintar o rio que tão lindo banha as nossa terra. Aproximava-se a fome do almoço e eu voltei. Fui ver os tomateiros que á um mês plantei com um amigo e matei saudades. Volto á quinta, fresca, um local sagrado como me disseram hoje, almocei em paz e desci S. Paio para ir á festa tradicional mais peculiar que alguma vez vi. Passo a explicar “O presente da vaca”. Eu tinha 15 rifas compradas e oferecidas por um amigo e vislumbrava-se um prémio de 500e, mas como eu tenho sorte no amor …lerpei!!! Alguém trás uma vaca para um campo todo estacado, a toda a volta e, enquanto os convivas que já tão bem conheço se abrigam do calor nas vinhas, deliciosas vinhas, a vaca passeia pelo campo tão bem tratada como nunca imaginou ser, enquanto lhe dão pencas verdinhas, rebentos de vinhas, lhe molham as patas, tudo isto na esperança que rapidamente ela faça as suas necessidades… a verdade é que conta quem já sabe destas coisas que a espera era de longas duas horas porque desde, comer, a deitar-se de costas para toda a gente…tudo ela fez menos o que era esperado. Ao fim das duas horas todos respiramos de alivio, aqueles que teimaram em esperar e pelo meio o meu António, guiou a vaca, deu-lhe de comer, vendeu rifas, tudo aquilo que acho, que jamais esquecerá da sua mãe. Os dias na pintura ao ar livre e as loucuras campestres que a mãe delira e ele tão bem acompanha. No sitio onde a vaca… contam-se as estacas e dá um numero que ficou 8 números á frente do meu. Vim feliz no amor embora e, aqui vos deixo o resto em fotos. Foi um Domingo magnifico!

Watercolour sunday

Watercolour sunday

Antonio found this on the beach
Encontramos isto na praia que atendendo ao momento tem a sua piada!!

Watercolour sunday

Watercolour sunday morning

Watercolour sunday morning

TomatoesTomatoes

all over the village

carrots
As cenouras do António

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s