aqui pelo campo

Quem tem filhos tem cadilhos

5 Comentários

DSC04689

Estes últimos tempos tem sido tempos que irão mudar muito o curso da minha forma de agir em relação ao respeito que tenho sobre mim própria, em relação aquilo que dou, aquilo que tomo como prioridade, em relação aos focos, á concentração, ao tirar partido e ao crescer a chorar. Tempos de cura em que os medos nos enfrentam com peito, tempos que recuo, de recolha, de pensar. Tempos de saber falar com os filhos e lhes explicar aquilo que não tem explicação, que é para nos um facto consumado, mas que na cabeça deles assume contornos de tristeza que nos parte o coração. O fechar de uma porta onde os vemos desaparecer e onde o coração dispara no medo de os perder, assim, como são.
Tentar falar com um adulto que á nossa frente se estica para chegar á altura daquilo que a vida lhe tirou, o empurrou e lhe disse …deixa de brincar, cresce, entende, compreende. Que droga esta coisa de a vida ás vezes não ser (logo…) perfeita e, para lá chegar o caminho ser tão sinuoso e triste, que nos leva lágrimas em musicas tristes e noites em escritos de desabafo que se empilham naquele saco que, quando voltei a ler me fizerem reconhecer o sofrimento que nunca assumi. Agora sim, a revolta, as violências de outros que, violentados pela vida, marcaram as nossas, as dos filhos e as dos que estarão para vir. Como explicar aos filhos tudo isto quando para nós é tão claro que se assim não fosse, morreria! Não o corpo, mas a alma!
Quando olho á minha volta e vejo que em meia dúzia de meses construí um lar onde a paz se instalou, onde se vive para fora, onde se planta a horta que outrora nunca vingou, e olho para a minha cara numa foto e não reconheço nela a força que por mim trepa e por vezes cai e do fundo se volta a erguer com mais clamor. São dias sérios, insubstituiveis e necessários.

DSC04688

DSC04691

DSC04692

DSC04693

DSC04694

DSC04696

DSC04698

5 pensamentos sobre “Quem tem filhos tem cadilhos

  1. Graça, Paz, Luz… muita força que envio (devolvo) a ti.Obrigado e Abraço… sorriso, sol e água para os bebés verdes e todos os outros novos rebentos de vida!:)joana

  2. Graça querida todas as nossas resoluções trazem um custo emocional para nossos filhos… e eles as vezes ainda não tem maturidade para entender algumas delas…mas o importante é ter tranquilidade para superar estes desafios e seguir em frente…e esperar que em outros tempos possam compreende-las. Fica em paz!

  3. Joana, parabens pelo bebé e muito obrigado por vires aqui! Tentei comentar no teu blog, mas não consegui, penso que o problema deve ser meu porque não consegui em nenhum destes dois, mas fica aqui o carinho devolvido tal com a luz para ti tambem! Um beijinho Graça

  4. Maria parabens pelas tuas tambem!! estive a espreitar…são momentos em que crescemos e nos superamos! Um beijinho e obrigado por aqui vires!! Graça

  5. Que um dia eles percebam, e q nos entendam, é só o q esperamos, pois qualquer decisão q tenha tb q passar pelos filhos, e de qualquer maneira alterar a sua rotina, nunca é uma decisão q uma mãe tome de animo leve, apesar da urgência. Mas o q é preciso fazer…faz-se, e depois todo o rumo q a vida leva e as transformações q ocorrem compensam. Um abraço mt forte de quem já passou pelo mesmo (como sabe). Força, ninguem diz q é fácil, mas como a Graça diz tantas vezes " desafio, é para superar". Bjs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s