aqui pelo campo

Ler não é opcional

1 comentário

Hoje já estou bastante exausta e planeio deitar-me mais cedo do que o normal. Amanhã o dia vai começar agitado cedo e eu vou virar esta casa de pernas para o ar como depois vão poder ver…
Fico por vezes um pouco impotente ante a quantidade de coisas interessantes que, a serpentear descubro na internet quando repesco blogs que gosto e de uns salto para outros, e vou dar a sítios fabulosos. Sinto que não consigo abarcar o tanto que eu gostava de partilhar aqui por palavras que dão o meu ponto de vista de tudo aquilo que li. Hoje é um dia que não consigo mas deixo os links com especial atenção a quem tem filhos porque todo o tema é versado no prazer de ler e no cultivar a leitura que não deve ser uma opção. Eu no entanto acho que deve ser feita por prazer e no tempo de cada um, mas existem tantos estudos e tanto que ler que digo-vos é apaixonante se feito com …paixão!

Então aqui fica um video girissimo

um link FABULOSO onde Bertrand Russel em 1932, imaginem, já dissertava pela vantagem de trabalhar menos e viver mais, ou melhor, trabalhar menos de forma organizada. é leitura para uma pedaço, mas vale a pena, E ainda estou em leitura mas deixo aqui na mesma

In Praise of Idleness

Um link de uma blog que sigo recentemente de Brené Brown cujo video sobre a vulnerabilidade vi no Ted e que me levou ao blog dela que é um espaço a descobrir com múltiplas hipóteses interessantes.
Um blog sobre leitura e livros e mais livros e um artigo dedicado á criança e ao facto de que de quando a vez as devíamos deixar mesmo aborrecer-se sem contacto com nada que fosse jogos, playstations ou mesmo brinquedos e deixa-las activar a imaginação naquele, “vai descobrir algo para fazer”

Um blog para quem é apaixonando poe estantes de livros..INCRIVEL !!

Um pensamento sobre “Ler não é opcional

  1. Olá Graça! Já há muito tempo que não vinha aqui, mas segui o teu link e adorei o video da Brene Brown. Na verdade a vulnerabilidade é associada à fraqueza e a maior parte de nós rejeita-a, mas depois há exemplos como os teus em que, apesar de mostrares sem medo as tuas fragilidades consegues equilibrá-las com a imensa força do teu talento e da coragem com que mudas a tua vida, da cidade para o campo, da casa cor-de-rosa para a da "branca-de-neve" e por aí fora… Vulnerabilidade é Força e hoje levo esse ensinamento daqui. Muitos beijinhosSofia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s