aqui pelo campo

Um quadro que chora

3 Comentários

DSC09493

Amanhã Domingo 12 vou sortear este quadro entre as historias de amor que recebi ao longo da semana anterior e que não podem ficar sem a sua compensação, como eu tinha prometido!!
Vou no entanto contar a história deste quadro que é a sua maneira uma historia de amor minha antiga!
Há muitos anos que venho para a zona onde agora vivo. S. Paio de Antas e inclusivamente o meu primeiro namorado embora fosse do Porto tinha casa la em baixo na praia. Foi o primeiro por quem sofri aquelas crises de adolescência e ainda hoje o encontro na praia, aquela praia que, ao longo da minha vida enrola a sua agua a meus pés. Pois esse namorado era tal como muitos homens aqui na zona um prenuncio de caçador que é a meu ver a pior fase deles porque ainda não atiram para comer..atiram para treinar e pior…ao pardalitos. Bom uma dia de amanhã vi em cima da maquina da roupa alguns já sem vida e eu perdi um pouco da minha e quando o vi entrar pensei..THE END!!
Eu sou assim, quando algo me atinge no meu âmago ou congelo os meus sentimentos de vez! Dediquei este quadro a essa historia e aquelas alminhas ali em cima, é um quadro que chora, mas cheio de carinho!

Deixo aqui dedicado á Dina a sua historia de amor próprio que de amor próprio de trata, e muito bem!!

Quem nunca viveu uma história de amor?
Em algum momento. Em algum lugar. Todos nós vibrámos com um pedaço de alguém que tocou no mais profundo do nosso ser.
Pobre daquele que nunca sentiu o corpo aquecer como a chama do fogo mais quente.
Triste daquele que nunca chorou por um amor.
Vida vazia aquela que nunca foi tocada pela centelha divina que é o Amor.
Esse ingrediente tão misterioso, que vem e altera toda a nossa vida.
Podia contar algumas histórias de amor, o meu coração é daqueles fogosos que se alimenta deste ingrediente tão amado e tão odiado.
Até podia. Mas no fim de contas, depois de algum tempo, aquele bonito amor, transformou-se em pós de cinza, pós de nada. Apenas memória de mais uma história. Até posso parecer uma mulher amargurada, mas não o sou. Tenho é constatado que tudo mudo e que até as mais bonitas histórias de amor, quando se tornam demasiado reais, perdem a magia e acabam por morrer.
O amor que procuro em mim, é um amor que ficará para sempre comigo e serei eu a responsável para que ele exista para sempre.  O AMOR PRÓPRIO. Aquele que aquece os pés mais frios, as almas mais despidas. Aquele que transforma para sempre as nossas vidas. Habituámos-nos a amar os companheiros, os pais, os amigos e então é NÓS? Onde ficamos nós?
Teremos ficado esquecidas para não mais doer? Toda a história de amor, acaba por doer, porque o amor não está em nós mas no outro e quando o outro não está lá para nós, ou nos magoa, ficamos sem chão, apagados.
Quero encontrar em mim, todos os dias, esse tal AMOR, que incendeia sem dor, que traz brilho e cor.
Quero amar-me para sempre, sendo honesta em todas as escolhas.
Quero descobrir a força do amor. Quero escrever uma história de amor. A minha, comigo e apenas comigo.
Eu, amante, amada, sendo e apenas sendo.
Esta é a minha história de AMOR, que aos poucos vai nascendo.
Que a luz de todos os amores e de todas as histórias de amor que contigo se cruzarem, iluminem o inocente do teu rosto. Em PAZ. Bem-hajas Graça Paz, pela magia que espalhas, apenas sendo e sorrindo.
Dina Fonseca


3 pensamentos sobre “Um quadro que chora

  1. Que bonito Graça!Parabéns à Dina, pela sua história e por nos recordar que o amor próprio deve estar sempre em 1º lugar!

  2. Bonita representación.Un saludo.

  3. Olá venho propor-te um desafio aqui http://retalhosdamemoria.blogspot.com/2012/02/fui-desafiada-e-vou-desafiar-tambem.html . Gostei muito de ler este teu post. Tem uma boa semana.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s