aqui pelo campo

Pé ante pe

1 comentário

Nova vida / New life
DSC07364DSC07337Nova Vida / New life
Dia 1

“Dia do inicio do meu livro numa noite não sei porque especial, ou melhor, sei! Pelo sentimento que me invade esta noite.
Este primeiro texto é dedicado á minha irmã mais nova, pessoa que tal como eu passou sozinha pela situação em que me encontro agora, mas não com a paz que eu encontro!
Começo este livro pelo fim, sem ir muito ao inicio porque não é dele que se trata e sim de um novo começo pelo qual regi a minha vida e fui capaz de me vencer.
Vou chamar a este período o “Período Branca de Neve”, uma vez que a minha casa se assemelha á casa da Branca de Neve  no meio de uma quinta que há muito visito, em tudo bucólica, numa terra que há muito me diz…muito, e por onde  eu sempre passei, para onde sempre voltei e onde sempre encontrei e me vim encontrar.
Em tempos visitei esta casinha, numa das minhas muitas vindas de amizade que fiz em fins de semana de quebra de solidão a uma amiga muito mais velha do que eu, mas que nem por isso deixei de levar a passear, com quem fofoco, e conto e desabafo mas sobretudo rio!
Quando aqui entrei pela primeira vez invadiu-me uma estranha sensação que mais tarde na vida aprendi a reconhecer e desenvolver que dá pelo nome de intuição, premonição, chamem-lhe o que quiserem e que reflecte o sentimento que sabemos de um dia vir a estar aqui, aqui que onde vou carpir, fazer o meu retiro que dá inicio também a este pequeno livro de incentivo a quem, tal como eu precisa de mudar, sair, limpar. Para quem vive um grande amor, para quem vê as portas a fechar e, a dada altura se apercebe que quando elas fecham, outras de abrem.
A sensação quando vamos ter com alguém com quem nos encontramos pela primeira vez e temos a certeza que já ouve algures algum percurso com essa pessoa, que nos trás uma estranha familiaridade com um total estranho.
Começo este rascunho sentada na minha sala minúscula, de mesa sempre posta, onde se trabalha, se desenha, se janta, se toma chá, se dobra roupa e faço-me acompanhar de bolachas caseiras e uma resma de papel branco.
Começo também este rascunho vinda de uma caminhada nocturna pela quinta que me urge descrever.
Quem entra no portão vinda do exterior de entre muros, água corrente e alminhas iluminadas de vermelho onde alguém deixou uma linda rosa, depara-se com um corredor que percorro numa noite gélida acompanhada pelo Mateus, o cão da quinta, por baixo de um tecto de arame organizado entrelaçado de vinhas despidas que outrora fazem a sobra fresca á tarde de bafo campesino. Percorro esse caminho pisando pedras centenárias onde muitas gente passou e eu sou apenas mais uma. O céu ilumina todo o meu percurso numa explosão de estrelas que as vinhas ausentes deixam ver. Vejo o fumo que sai da minha boca e no caminho tenho um tanque de águas que me acordam lentamente no seu caminho todos os dias e sento-me com uma visão geral da quinta de casa tradicional de pessoas esmerosas e paredes caiadas, cortinas  que agora lavadas enfeitam as janelas rendadas.
A lua descreve os galhos nas paredes e com o fundo branco desenham-se galhos retorcidos pretos e muita harmonia, tudo é perfeito na natureza, Tudo aqui é equilibrado. A quinta divide-se em percursos de amor, hidranjas outonais, mesas de pedra em recantos escondidos, campos, milhos, couves, e um de repente abrir para a vastidão da Serra como se não houvesse entradas nem saídas, apenas um seguir. A serra escura pontilhada de luzes tardias. A neblina invadia silenciosa, cinza, matizada pela luz do céu e tudo cobre e eu, no escuro, e no meu conforto sorrio e agradeço tudo isto, e volto ao portão e regresso novamente no mesmo trajecto com o Mateus que feliz me segue num vai vem…”

Nova Vida / New life
Nova Vida / New life
Nova Vida / New life
Nova vida / New life

Um pensamento sobre “Pé ante pe

  1. Muito bom e enternecedor. Já estava com muitas saudades.Estava a ficar um bocadinho triste pelo "abandono", mas quem espera….Tenho seguido os seus dias pelo face, e percebo, mas faltava-me o miminho!ObrigadaUm beijo e um abracinho apertadinho.Beta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s