aqui pelo campo

História de mulheres*

2 Comentários

PA152973

Mónica, tinha 48 anos quando me consultou pela primeira vez. Tinha feito recentemente uma biopsia de cancro da mama. O cirurgião queria fazer-lhe uma mastectomia e retirar também os gânglios linfáticos sob o braço direito. Mónica e a sócia tinham uma livraria de livros em segunda mão e geriam um serviço de procura de livros difíceis de encontrar. Ambas tinham lido muito sobre o tópico do cancro da mama. Ela pós objeções á mastectomia e, depois de conversarem, o cirurgião declarou quer se sentia á vontade para fazer uma excisão de nódulos. No entanto, verificou que as margens do tumor não estavam defenidas no espécime, conduzindo á suspeita de que teriam ficado células cancerosas. Mónica e a sócia tinham consultado um oncologista e sabiam que a quimioterapia era uma recomendação normal para aquele tipo de cancro. Mas queriam saber que outras coisas podia ela fazer além do tratamento convencional.
Sugeri a Monica que mudasse para uma alimentação que reduzisse os niveis de estrogenios circulantes, e aplicasse cataplasma de óleo de rícino no seio afectado para melhorar o funcionamento do sistema imunológico. Frisei que essas medidas não eram consideradas “curas” no sentido convencional e não tinham sido estudadas  como a cirurgia ou a quimioterapia. Ela compreendeu! Disse-lhe que era imperativo que passasse os meses seguintes a aprender a tratar de si e a fazer coisas que lhe dessem prazer. Ela e a familia saíram para considerar todas as opções e marquei-lhes nova consulta para três meses mais tarde, em Setembro.
Quando Monica regressou três meses depois, parecia ter menos 20 anos e irradiava saúde. Perguntei-lhe o que tinha feito. “Este Verão decidi fazer tudo o que me soubesse e fizesse bem. Por isso, andei de bicicleta todos os dias, e passei muitas horas deitada nos campos a olhar o céu e para as nuvens. Introduzi o Verão em cada célula do meu corpo. Não tinha um Verão como este desde criança. Parecia nunca acabar”.

Monica tinha mudado a sua relação com o tempo, fazendo parar o relógio e trazendo as celulas até ao presente. Muitos de nós precisamos de tirar tempo para “introduzir” o Verão em cada célula dos nosssos corpos. Há seis anos que Monica não tem sinais de cancro. Apesar de ter decidido não fazer a quimioterapia nem mais operações para tentar eliminar as celulas remanescentes, tem continuado livre de cancro”

Num momento em que este livro ao longo de todo o meu Agosto me acompnahou enqunato deitada na vbeira do rio sem saber tentava eu,m tambem introduzir a calma do correr da agua nas minhas proprias celulas, achei que não podia deixar de contar uma história que infelizmente achamos que acvontece só ao outros e que pode derrubar barreiras do medo que qualquer doença grave trás. é um livro que continuoa  aconselhar a todas as mulheres terem na sua mesa de cabeceira SEMPRE.

“Corpo de mulher, Sabedoria de mulher ” por Christiane Northrup

PA152933

DSC04442DSC04459
DSC04458
Beber de tudo isto que me circula, as vidas, as gentes que do nada entram nas nossas vidas…

2 pensamentos sobre “História de mulheres*

  1. Bom dia,Hoje acordei cedo e depois de alguma lida, pensei:"vou ver o q a Graça escreveu de novo", e ainda bem q o fiz. Adorei a história, felizmente q há dias assim. Obgd pela sugestão, irei comprar o livro logo q possível, não esquecerei. E claro continuar a deixar passar para as nossas celulas td o q de bonito, bom e maravilhoso nos cerca. Este procedimento e sabedoria, q vem com a paz adquirida seja qual for a idade.O beijinho fresquinho com a claridade e brilho do amanhecer, e o cheirinho das flores, segue direitinho daqui (Ericeira) para ai (Forjães, S. Paio) e para as margens desse rio q ama tanto.Claro fazendo tb votos de um excelente fim de semana para tds.Beta

  2. Que bela história e obrigada pela partilha… É, temos de parar e olhar para dentro de nós e deixar que o mundo entre no nosso corpo, para que a vida tenha mais saúde e bem estar.Também eu fiquei curiosa com o livro e quero-o na minha mesinha cabeceira ;O)Um abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s