aqui pelo campo

O que fazer com aquilo que já sabemos?

2 Comentários

DSC02205

Comecei assim o meu Sábado, na cama, silencioso, escondida por trás do sol velado, inundada nos meus apontamentos que ao longo deste anos fui armazenando dentro de mim, de modo a melhorar a minha vida em inúmeros aspectos e corrigir aquilo que desejo endireitar, Tanto a nível profissional como pessoal.
Entre os apontamentos de Keri Smith que também vou traduzir aqui porque são de uma enorme utilidade profissional para muitos de vocês, tanto como para mim, tenho na minha mesa de cabeceira o livro mais util que alguma vez tive e li e que,  de quando em vez recordo porque o sinto assim como o conselho de uma pai que se encontra ausente, ou de um tio experiente.


Wisdom de Andrew Zuckerman

Pessoas de todo o mundo e de todas as artes dão a sua noção de sabedoria, e algumas tocam-me verdadeiramente. Deixo aqui algumas.

“Ser curioso, ser interessado pelo mundo. A sua satisfação está naquilo que sabe. Antes de começar a ler qualquer coisa, ou a escrever, ou a fazer algum tipo de pesquisa, nós não sabemos alguma coisa, e, chegamos ao final do dia, a saber algo que ainda não sabiamos antes e que, as outras pessoas não sabiam antes, coisas que podemos comunicar a… outras pessoas.
A CRIAÇÃO do conhecimento é de uma enorme satisfação.
A sabedoria é uma mistura de três coisas básicas:

Uma certa quantidade de conhecimento (não precisa de ser especifica, profissional, técnica) , mas conhecimento.
Não se pode ser ignorante e ter sabedoria.

Depois, usar o conhecimento e as razões que implicam ter conhecimento, 
O que fazer com ele?

E por ultimo, RESPONSABILIDADE. Pensar em que é que o vosso conhecimento vai ser usado e para que??
Existem pessoas muito inteligentes, com inúmeros conhecimentos , mas cujos seus conhecimentos não são usados para beneficio de ninguém ou de coisa alguma, do que para sua satisfação pessoal e ambição.

Sabedoria é então a mistura de :

-conhecimento
-razão
-responsabilidade.”

Juan José Linz
Formado em economia e ciencias politicas e figura de destaque em Madrid e no mundo inteiro...

DSC02204

Nelson Mandela 
acha que sabedoria é
o que cada um é capaz de fazer com aquilo que tem, e que a diferença é precisamente o ter pouco e fazer muito e o ter muito e nada fazer.

Buzz Aldrin
diz:


“Sinto-me honrado por estar no sitio certo, á hora certa e viver segundo as espectativas que eu penso que os outros tinham de mim. Lidar com infortúnios, e aprender como pedir ajuda da forma certa, ajudar os outros tanto como eles nos ajudam a nós.
Tudo acontece de uma forma suave, e, não antagonizando com os outros. Tento estar de serviço para ajudar ao máximo o que posso, sinto que há uma obrigação.
Não tento ser tudo, para todos. Sejam quais forem os meus talentos, usa-los-ei ao máximo para beneficiar o futuro como eu o vejo!”

Este senhor é, nada mais nada menos do que o acompanhante de Neil Armstrong e ambos foram os primeiros homens a por o pé na lua…


2 pensamentos sobre “O que fazer com aquilo que já sabemos?

  1. Obrigada uma vez mais, pela partilha.

  2. Obrigado eu pela visita Vanessa:-))

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s