aqui pelo campo

Um mar que não tem tamanho e, um arco-íris no ar*

2 Comentários

A borda de flores / The flower borderDSC04047

Há momentos “tramados” na vida de uma pessoa, e momentos em que existe a necessidade clara de nos sentarmos, no silencio da manhã com uma folha e uma caneta e escrever, aquilo que queremos, aquilo que não queremos, aquilo que queremos mudar, e sobretudo aquilo que conquistamos como remate para irmos tomar banho e nos fazermos mais fortes. Já tenho escrito aqui coisas que, de uma forma totalmente aleatória venho a descobrir transcritas noutros blogs por esse mundo fora e, pessoas que dizem ter recuperado alguma força, ou de algum momento com os meu desabafos e isso é para mim fantástico, uma vez que descobri a escrita como canal de extravasar momentos bons e maus de uma forma subtil e envolvente ao mesmo tempo.



Chego á conclusão que, de cada vez que a vida atravessa no meu caminho uma “oração” que um senhor em Lisboa me disse uma vez e que foi “Graça…a sua vida não é morna!!” eu vou a baixo e venho acima com o dobro da força e, sempre com a necessiade de perceber porque razão determinada coisa me acontece, o que a fez acontecer, e o que me trás ela de positivo e, essa é a minha maior conquista, porque se um dia estou tal qual um vulcão capaz de levar tudo á minha frente no dia seguinte já acordo lavada das minas incertezas a usufruir daquilo que aprendi e que vos deixo aqui. Que, quando não ouvi-mos os sinais CLAROS que o nosso coração envia incessantemente em forma de deesconforto diário e, emocional, e, não resolvemos a nossa vida nesta ou naquela situação porque, para tudo a nossa força tem um limite, a determinada altura a vida vem contra nós com um tornado e tudo leva, não deixa nada, e, apartir dai tudo renasce com o dobro da força e isso, é esclarecedor..-




“Um velho calção de banho, um dia pra vadiar
Um mar que não tem tamanho e um arco-íris no ar
Depois na praça Caymmi sentir preguiça no corpo
E numa esteira de vime beber uma água de côco…”





pronto!! ja desabafei, agora vou pintar!

Os meus amores / My loves

2 pensamentos sobre “Um mar que não tem tamanho e, um arco-íris no ar*

  1. Olá Graça.Sigo o seu blogue desde o inicio do ano.Parabêns antes de mais.Admiro-a muito não só pelo seu trabalho mas especialmente por aquilo que consegue transmitir através da escrita.Perdi o meu marido há 1mês e tem sido uma bênção ler as suas palavras sábias. A noite depois de as ler fico mais forte para com os meus filhos encarar um novo dia!É bom saber que existem pessoas assim.Tem um poder muito forte.OBRIGADA

  2. Os meus queridos que me fugiram…..VV

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s