aqui pelo campo

Um post guardado para hoje*

Deixe um comentário

A minhas mesas / My tables

A minhas mesas / My tables

A minhas mesas / My tables

Ontem foi um daqueles dias em que a nossa cabeça parece que não se fixa em coisa nenhuma por muitas que eu quisesse fazer!! Detesto estes dias. Cansam-me. é o corpo a pedir “PÁRA” !!
Chove e faz-me falta caminhar porque estou sozinha, e assim se fez aqui por casa um dia meio cinzentão. No entanto estou apaixonada pelas voltas que a vida dá e que sempre me surpreendem, porque são quase como voltar a algo que a dada altura na vida nos surpreendeu pela positiva. Acabei as minhas mesas, ainda muito tortinhas, mas isto vai melhorar e já imagino um estirador que preciso para o meu atelier para poder oferecer o meu ao meu filho mais velho!! Está-me a dar formigueiro no coração e vontade de mudança. Alternar entre o andar de cima e o de baixo porque como leio em muito sitios, “assim como em cima é um baixo!” Acho que agora percebi o significado!

Estive a ler um artigo do meu livro “Da medicação, á meditação” de OSHO que quanto mais leio mais me fascina, urge tomar notas mas depois olho para o bloco e acho honestamente que aquilo que tem de ficar  o corpo retem, para mais tarde usar. Estou a ler a parte da alimentação e digo-vos é fascinante e, funciona. Ouvir o susurro do corpo no que toca a comer, que tudo sabe, e, que nos indica quando temos de comer, e  que  assim controlar o peso da forma mais natural é fascinante. As crianças fazem isso, há estudos feitos e, elas, se deixadas livres, comem quando sentem fome, dormem quando sentem sono, evitam naturtalmente certos alimentos se o corpo assim o indicar por motivos de doença ou desejam outros que são precisos em determinadas fazes do seu desenvolvimentos. O homem esqueceu tudo isto e, eu andei a semana toda a fazer este exercicio e nunca me senti, cheia, comi aquilo que o meu corpo pedia e, ás horas que pedia, e assim como ele me diz que comer a fruta antes do jantar me sabe melhor e aseguir ao jantar me dá repulsa, muito mais há por descobrir. Este senhor é um mestre de tudo o que toca a simplicidade de viver que á muitas geraçãoes e séculos esquecemos. Aconselho vivamente a leitura deste livro  para pancados como eu!!

DSCF0316

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s