aqui pelo campo

"Connecting the dots"

2 Comentários

Prontas para seguir para a Alemanha e depois Paris! / Ready to go to Germany and them Paris!

Aqui, na Casa do Castelo a noite está silenciosa porque hoje os meninos foram matar saudades da cidade e como tal, vou fazer aqui um resumo raramente silencioso a esta hora, dos momentos relevantes do meu dia. Comecei por S.Paio numa caminhada necessária de solidão e dei comigo no meio de um cenário, para o qual eu nem ia devidamente vestida, onde em todo o meu redor tudo era gelo, branco, lindo. Da beira da estrada e no serpentear do rio por entre campos libertava-se um fumo frio e eu perdi o fôlego ante tal beleza com que a vida me presenteou. Pensei, “vou fotografar e enviar para este e aquele” , e, parei! Obriguei-me a apreciar tudo aquilo, a respirar aquele ar gelado e, ao por o pé na estrada, foi um derrapanço tamanho, daqueles “uffa, espero que ninguem tenha visto!!”,  a estrada estava gelada e o Tiro, tinha pressa. Bolas!! Era para se rirem sem terem o privilegio de o fazerem á minha custa. Ser campónia recente tem destas coisas e eu estou a aprender.
Foi uma dia grande, e um daqueles em que cheguei a umas conclusões que me encheram o peito. Que tal como diz Steve Jobs, que muito admiro, nunca vemos as coisas de trás para a frente, e sim, da frente para trás, e quando olhamos para trás damos conta que, se na altura nao tivessemos passado por isto ou aquilo, isto ou aquilo, nao teria acontecido assim, são os tijolos na cabeça dos quais ultimamente me tenho tentado desviar e acertam-me sempre, mas, felizmente porque, depois vou “lá” buscar qualquer coisa, alguma coisa muda para melhor ou eu consigo algo que me fazia muita falta, nem que seja uma convicção e como tal, estou apaixonada! Apaixonada pelas voltas da vida, e vim para casa a cantar dentro do meu “Gafanhoto” pela estrada por onde de manha me deixei transbordar de certeza de que quem gosta vem, e quem ama fica.
Deixo-vos um dos meus cantinhos na internet quando preciso de me inspirar por alguem que muito admiro. Nunca me canso de o ouvir portanto espero que vos seja tão util como para mim.

Acabei o dia sozinha, no Marshopping a saborear um delicioso gelado de dulce de leche com chocolate de leite e amêndoas crocantes, e a olhar á minha volta  notei algo de que ultimamente me tenho apercebido, e nao sei se por estar mais sensivel, porque mais uma vez, os artistas ( e nao só!!) tem destas coisas, noto um vazio enorme dentro de uma enorme centro comercial cheio de gente, numa época Natalicia. Algo está a mudar nas necessidades das pessoas em geral, talvez a busca pela felicidade que deixou de estar nas “coisas” e está dentro de nós.
Pronto, JÁ CHEGA!” Bom fim de semana.

2 pensamentos sobre “"Connecting the dots"

  1. Bom dia, Graça.Depois de ter lido mais um dos seus lindíssimos textos, ver estes dois vídeos fez com que o meu domingo se transformasse num dia de reflexão. Não irei escrever aqui porquê. Não seria interessante.Espero não leve a mal coloque estes vídeos na minha página de Facebook. Haverá muita gente que, tal como eu, desconheça terem sido publicados.Bom domingo e um grande abraço. Obrigada por mais este bocadinho, consigo.

  2. Bom dia*Acho que fez maravilhosamente bem, eu já o coloquei lá varias vezes e ja o vi outras tantas porque acho fenomenal a lição de vida que se tira deste bocadinho. A mim ajuda-me muito ouvi-lo, Fico muito contente*Um beijinho muito grande via British Araways, mas pode demorar por causa da neve!!!:-)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s