aqui pelo campo

"Tu, já viveste aqui noutra encarnação… de certeza!"

1 comentário

DSC05717
Hoje de manhã, indo eu em caminho a Esposende tratar de um pendente, bem pendente que fechou ontem o seu ciclo, a falar com a minha companheira do campo e a fazer um “preview” do meu post hoje á noite, desatamos a duas a rir porque lá ia eu nas minhas incursões de paixão e de repente imaginei o pensamento secreto dos meus leitores…”Prontos…lá vem esta outra vez com o campo é que é bom e a cidade uma nulidade…bavmavxhasxhsdfs…*”…MAS, a verdade é que tudo isto, e todas as mudanças que aos 43 anos operei e tenho vindo a operar em mim própria são de obrigatória  partilha, porque é tanto o que eu me tenho inspirado com os outros, que, por sua vez partilham as suas experiências de vida, desde o senhor que todos os dias cumprimento e que resolve meter conversa comigo, ao livro que leio e que me inspira todas as manhas, que achei que seria um egoísmo, não dizer as pessoas, e aos meus filhos deixar o legado de que, antes de uma casa grande algo muito mais importante que há a partilhar, e isso é  quando queremos, é que, mudar é possível para muito melhor e que embora seja muito complicado, quando é um sonho saído do nosso coração, tudo se organiza á nossa volta para que tal seja possível e digo-vos por mais difícil ou impossível que possa parecer. Atentem aos sinais, porque a vida transmite-nos sinais diariamente e se os soubermos ver e ouvir tudo se torna diferente, os dias tornam-se surpresas e a vida enche-se de momentos especais, porque os sabemos apreciar  hoje. Deixo-vos aqui um desses momentos que tive, ontem, em São Paio, em casa de uma senhora que se tornou minha amiga do coração embora tenhamos uma diferença de idades considerável é só diferença física e, que bem diferente de mim, porque suspira pela cidade, noutro dia saiu-se a dizer que tinha de me dar razão e que São Paio era de facto muito bonito!! Quem fala de São Paio , fala de todas estas terras Minhotas que se sucedem, que são únicas e charmosas, que de vestem de verde e dourado e vermelho profundo nesta altura do ano, e que cobrem os nossos percursos com uma beleza Outonal. Sair fora da porta na noite escura e fria e deixar entrar o ar perfumado a forno de lenha é algo que quero, e devo transmitir. Comigo, foi vir para aqui! Se com vocês for algo bem mais exótico, atrevam-se a sonhar!*

DSC05700DSC05703
DSC05704
Este tanque daqui a pouco tempo enche-se de lampreias!!

DSC05701
DSC05714
DSC05707
DSC05706DSC05728
DSC05727
DSC05725
DSC05729
DSC05730

Onde poderia eu viver todo isto diáriamente senão aqui e respirar este ar de tradição e bom gosto?

Um pensamento sobre “"Tu, já viveste aqui noutra encarnação… de certeza!"

  1. Uff…emendaste…A Sarmento também dá esse erro . Que vergonha! Nunca cortes os verbos…é como cortar um braço ou uma perna…e fica tudo cheio de sangue!A tua especial prosa não merece semelhante castigo…Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s