aqui pelo campo

Envelhecer é melhor do que a alternativa, Morrer jovem, só fica bem nos filmes*

3 Comentários

DSC05483

sé calmo e crê que sou Deus,
sé calmo e crê que sou
sé calmo e crê
sé calmo

A minha mãe / My mother
O titulo deste post é um capitulo de um dos livros que ando a ler, o tal de Regina Brett que já vos tenho falado “As 50 lições que aprendi na vida” editado pelos seus 50 anos. Á medida que avanço nos capítulos, com pequenas histórias que ilustram os temas, vou encontrando pequenas coisas de enorme significado e que na ânsia de ler até ao fim, não sublinho!! Pois hoje vou aqui deixar algo que achei maravilhoso.
Mas, primeiro, musica!

…no entanto na primeira pessoa, que sou eu!

Ela conta que tem um amigo a quem telefona de quando em vez, para saber se encontra bem e a resposta que houve do outro lado é sempre a mesma, “Estou velho”… Estar do outro lado dos cinquenta, não o incomoda nada. O pai morreu novo e com problemas cardíacos e Ed aborda o envelhecimento como um derrotar da doença cardíaca do historial familiar. Não encalhou na velhice, conseguiu chegar á velhice.

Acho isto fabuloso, ponto!.

Assim, com o desenrolar da historia Regina propõe 50 coisas que aconselha as pessoas a fazer quando lá chegarem…aos 50, ou 60, ou 70

*Passa-los a descansar.
*Gastar 50e comigo própria
*Visitar 50 sítios, aonde nunca fui e isso inclui igrejas, museus, ruas, ruelas, e não apenas países exóticos.
*Começar a escrever os livro de Lifestyle que tenho aqui alinhavado.
*Plantar uma arvore para honrar a juventude.
*Visitar um cemitério e agradecer o facto de estar do lado de cá da relva.
*Aprender algo de novo
*Guiar 50 quilómetros por estradas secundarias que não conheço. Deixar-me levar pela estrada.
* Pedir pelo aniversários 50 cartas a 50 amigos dedicadas a mim.
*Espalhar 50cent. pelo mundo para dar sorte a 50 pessoas.
*Festejar as rugas
*Dar um passeio de 50 minutos a apreciar tudo.
*Planear ferias imaginárias sem que a carteira limite a fantasia
*Escrever 50 pessoas que tenham, marcado a minha vida.
*Telefonar a todas as pessoas que gosto e dizer-lhes.
*Mediatar 50 minutos por dia, 25+25.
*Escrever 50 desejos de todos os tamanhos , guarda-los num frasco e só o voltar a abrir no próximo aniversario
*Nomear o que me faz sentir jovem e mudar as que me fazem sentir velha.
*Ouvir 50 minutos de musica.
*Estar quieta a observar o céu durante 50 minutos.
*Em vez de contar carneiros, adormecer a a contar todas as coisas pelas quais estou grata…

….
Estas lista é bem mais extensa, eu só transcrevi algumas , as que mais me tocaram e assim , esta semana agradeço cada bocadinho que tive e um deles foi, oferecer-me flores pelas conquistas da semana..

DSC05490
DSC05491 DSC05495

3 pensamentos sobre “Envelhecer é melhor do que a alternativa, Morrer jovem, só fica bem nos filmes*

  1. Obrigada Graça por nos dares a conhecer a autora do teu livro e através dele mostrar-nos mensagens tão reais e cheias de sentido.

  2. Querida Filha,Obrigada pela minha foto lá em cima. Ou tu és boa fotógrafa ou a máquina é de boa qualidade. Por isso fiquei demais favorecida.Tomei nota de todos os conselhos. Só não conseguirei estar 50 minutos a olhar para o céu Ai o meu prescoço! Prefiro olhar aos pouquinhos que, por acaso, é uma coisa que faço muitas vezes. Quanto os outros conselhos farei o que puder porque todos eles têm valor! Beijinhos

  3. O livro é O MÁXIMO!Mãe, tu começaste a pintar aos 70!!!!….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s