aqui pelo campo

Momentos partilhados*

Deixe um comentário

DSC04726

DSC04727

6,15 da manhã …hoje*

Uma semana a traçar limites, foi a que eu tive. A por os pontos no iiis em tudo aquilo que não me agradava, ou seja, a não trazer lixo atrás de mim. Acabo a minha sexta feira bem disposta e a trazer do Porto alguém pequenino que vai recordar o meu campo, tal como eu recordo Ponto de Lima. Por quelhos onde o carro dos meus pais não passava, a quinta dos meus tios…trouxe-a do Porto por todos os caminhos alternativos de entre muros que descobri, com cheiro a queimada agora autorizada, queimada a eucaliptos, deliciosa e no decorrer da viagem entre as confissões quase adolescentes pelas quais já passamos, fui encontrando toda a gente que aqui, entrou na minha vida…

“Boa noite Dona Mira..o campo sem as suas sopas perde toda a piada”…”Oh, Oh, Oh Dona graça :-)))”

“Boa noite senhor Lima…”…”Boa noite Dona Graça, há muito que não nos víamos…os meninos todos bem??”

“Dona Graça, deixei á sua porta três garrafões de vinho e uma cesta de uvas antes que chova…e olhe, também deixei penas de pavão”

E foi-se repetindo com tempo para perder em dois dedinhos de conversa que são tão do nosso tempo, tão do nosso campo e que eu adoro, que me fazem vir para casa com um sorriso rasgado de orelha a orelha.
Quem me conhece sabe…

E ontem,  soube bem dar-me conta de que por aqui fiz amigos que já não dispenso. Vou contar:

Andei duas semanas a reunir papelada para ir tratar do meu numero de porta! Tendo tudo reunido com algum esforço, porque odeio pendentes irritantes de papelada que me fazem baixar á terra do meu mundo lá em cima, dirigi-me á Junta e de lá, á Câmara num pressing de horário apertado, a ouvir musica e a cantar. Claro que cheguei há câmara a tempo, mas fechava afinal ao publico, uma hora mais cedo. Bolas, pensei eu. Continuo com o meu pendente em mãos!! Mas, eis senão quando, vejo a dirigir-se para mim o meu topógrafo que ao ver-me me “arrancou” o papel da mão e, mesmo com a Câmara fechada me ajudou  pela porta do cavalo e me fez regressar feliz e contente, ao que dei em troca um beijinho repenicado com uma resposta encabulada , do género”OhOhoH…Dona Graça… quando se pode, pode!!!”
Assunto tratado!

Bocadinhos partilhados de sexta feira á noite.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s